PAULA FERNANDES: A RAINHA DA BREGUICE

PAULA FERNANDES: A RAINHA DA BREGUICE

O mundo sertanejo anda mesmo uma lama. É altamente popular por um lado, com músicas e artistas surgindo aos montes, mas ao mesmo tempo é cada vez mais decepcionante com canções preguiçosas, letras fracas, rimas pobres e refrões que viraram grunhidos de duplo sentido como tche rê rê, tcha tchu tchu e por aí vai.

Paula Fernandes não está inclusa no caso dos grunhidos, mas entra de cabeça na área do brega (assim como suas roupas), sem inovação nenhuma e que se distanciam cada vez mais do mundo sertanejo apelando para um romântico fútil, meloso e acucarado. É o que acontece com sua nova música, a recém-lançada Eu Sem Você, uma parceria da cantora com Zezé Di Camargo.

Paula é uma boa cantora, mas caminha por trilhos cada vez mais fáceis e se arrisca muito pouco, como dá para comprovar em Eu Sem Você. É só olhar a letra da canção. É para casais apaixonadinhos cantarem juntos nos shows da moça, feita sob medida para virar um hit. Não há problema nenhum em querer que uma música faça sucesso, mas um pouquinho de coragem e ousadia também não fazem mal a ninguém. Só que obviamente nem a cantora e nem sua gravadora vão arriscar nada, afinal ela vende discos a rodo.

A fórmula fácil de fazer música, em geral, resulta num resultado fraco, cheio de clichês e um “água com açúcar” capaz de causar enjoos. Ou o que dizer de frases como “eu tô carente desse teu abraço”, “desse teu sorriso branco feito neve” e ainda “tô feito mato desejando chuva”? Não há nada mais batido do que isso. O refrão, então, é uma coisa de louco.

Assista ao vídeo abaixo:

“Sem você sou caçador sem caça
Sem você a solidão me abraça
Sem você sou menos que a metade
Sou incapacidade de viver por mim
Sem você, eu sem você”

É provável que diabéticos não possam nem se aproximar desta canção. E é assim que caminha a dita “nova música sertaneja”. De um lado estão os “Gusttavos Limas” e de outro as “Paulas Fernandes” da vida. Esse pessoal deveria parar de se dizer sertanejos e adotar de vez o brega, o pop raso, o romântico ou algo do tipo. Pelo menos ajudariam Pena Branca, Xavantinho, Tonico e outros caipiras de verdade a pararem de revirar em seus túmulos de tanta vergonha.

Fonte: Arena Fama

28/07/2018

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET


Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários