10 MITOS E VERDADES SOBRE AS MULHERES

10 MITOS E VERDADES SOBRE AS MULHERES

Muito se fala sobre as mulheres. Os mitos sobre elas são muitos. O que não existe é a exatidão sobre o seu fundo de verdade. Vamos analisar os 10 mais famosos:

Publicidade


10) Mulheres são fofoqueiras e falam muito mais do que os homens.

As mulheres falam tanto quanto os homens e estes fofocam tanto quanto elas. A única diferença é que consideramos os nossos temas de fofocas mais “pertinentes e úteis”, enquanto achamos que as mulheres só discutem coisas fúteis.

Por outro lado, algumas pesquisas científicas que apontavam uma defasagem incrível entre o número de palavras diárias faladas pelas mulheres, em torno de 20 mil, contra 7 mil dos homens, foram refeitas seguindo outra metodologia e as diferenças despencaram: 16 mil para as mulheres e 15,5 mil de palavras diárias para os homens, ou seja, uma diferença estatisticamente desprezível.


9) Mulheres preferem chocolate ao sexo.

Várias pesquisas apontaram que as mulheres preferem chocolate ao sexo. Também pudera, em decorrência dos itens anteriores e sabendo-se que o chocolate produz no cérebro sensações semelhantes àquelas produzidas durante o ato sexual, a mulher vai preferir se entregar a um amante mais compreensivo do seu cansaço e necessidade de carinho. O chocolate não exige atenção, não é pesado, não xinga, não peida e não resmunga e ainda fornece um prazer livre de cobranças.


8) As ótimas mães são péssimas amantes.

A decorrência natural do item anterior foi a necessidade da mulher desempenhar uma quádrupla função: ela se obriga a ser simultaneamente dona-de-casa, mãe, trabalhadora e amante. O homem, quando chega em casa depois do seu expediente estafante, coloca as suas pantufas e curte um happy hour gostoso, coisa que o coloca em ponto de bala para o que eles espera rolar quando a sua mulher assumir o papel de amante lépida e faceira. Só há um pequeno detalhe neste pretenso idílio; depois da jornada matinal na casa, da jornada diurna no serviço e da jornada noturna para colocar a casa em ordem, sobram poucos pedaços da amante para tentar compor uma noite romântica.

Publicidade


7) Lugar de mulher é na cozinha pilotando o fogão.

Não é mito. As mulheres deveriam ter deixado de pilotar o fogão desde que elas foram obrigadas a sair para a rua trabalhar. Porém, isto não as libertou da jornada dupla. Antes da segunda metade do século XX, as mulheres “do lar” desenvolviam uma série de trabalhos domésticos, altamente estafantes e estressantes. Com o ingresso do imenso contingente feminino no mercado de trabalho, além das novas responsabilidades equivalentes àquilo que os homens já desempenhavam, tocou à elas um carga extra de trabalho para depois do expediente: preparar o jantar, cuidar dos filhos, lavar a louça, limpar a casa e prepará-la para o dia seguinte, etc.

A utopia feminista, que na década de 60 propugnou pela equiparação de direitos entre homens e mulheres, se transformou no pesadelo da jornada dupla de trabalho. Então, atualmente pode-se dizer que houve a atualização do mito: hoje o lugar da mulher é na cozinha pilotando o fogão, no trabalho e na volta do expediente, novamente na cozinha.


6) Mulheres são compulsivas em gastar dinheiro.

Quem acredita que as mulheres são viciadas em Shopping Centers, cartões de crédito e, antes de tudo, no ritual de entrar na loja, pode ter certeza que é ele juntamente com a torcida do Flamengo. O estereótipo da mulher perdulária foi criado pela própria atitude delas, pelo menos daquelas que tiveram a sorte de “pescar” um marido rico. Para as comuns mortais trabalhadoras e auto-sustentáveis, o mito não pode se configurar, pois seria a falência certa.
Nós homens temos que admitir que sempre temos compulsão para gastar dinheiro com as nossas bugigangas, a única diferença é que achamos os nossos motivos de compra muito mais importantes do que os das mulheres.


5) Mulheres não gostam de futebol.

É mito, caso isto fosse verdade, não haveria pencas de Marias-chuteira por aí. Porém, o argumento de que elas amam mais os jogadores do que o esporte pode provar o contrário.

É mito, pelo menos no tocante à minha esposa. Quando os jogos da seleção passam na TV, a minha esposa briga comigo para assistir, se bem que este caso particular não prova nada.

Não é mito, quando são constatados os percalços sofridos pelos homens que passam o fim de semana inteiro exclusivamente olhando jogos de futebol na frente da TV e tomando cerveja com os amigos e bagunçando a casa. Eles correm constantemente o risco de ter seus fígados comidos pelas suas companheiras.

Publicidade


4) Mulheres acham que tamanho é documento.

Os homens se preocupam tão demasiadamente com seu documento que acabam achando que o mundo também faz o mesmo. Não é verdade que as mulheres anseiem submeter seus órgãos sexuais a membros enormes, correndo o risco de dores e arrombamentos. Para sintetizar a preferência feminina, a sabedoria popular criou a expressão “curto e grosso”


3) Mulher ao volante, perigo constante.

Dizem que mulheres dirigem mal, estacionam mal, não entendem nada de carro, etc., mas os acidentes majoritariamente são perpetrados por homens. Você pode se irritar com a mulher na sua frente fazendo “barberagens”, mas quem tem o potencial estatístico de te matar, certamente possui barba na cara.
Como exemplo dos pequenos “incidentes” vividos pelas mulheres no trânsito, alguém (um homem logicamente), reuniu neste vídeo um Top 10 de pequenos acidentes hilários.


2) Mulheres gostam de ver homem pelado.

É mito, pois as revistas de homens pelados têm o seu público quase que exclusivamente entre o público gay. As mulheres preferem ler as tradicionais revistas masculinas cheias de fotos de mulheres peladas e ficar se comparando com as beldades ali estampadas, porque uma coisa não é mito: o fato delas dedicarem a vida se medindo umas em relação às outras.

Publicidade


1) Mulheres lindas (e/ou loiras) são burras.

É mito e muito injusto! Conheço feias burras e loiras inteligentes (é claro que tais loiras não são de farmácia). Talvez a raiz do mito da burrice feminina venha do fato das mulheres não se jactarem da sua inteligência, afinal, o que as intimida é o mito de que mulheres inteligentes não “pegam” homem. Então elas costumam se fazer de burras para passar bem.

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET

26/11/2017

Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários