CANTORES, CANTORAS E BANDAS DE UM SUCESSO SÓ

CANTORES, CANTORAS E BANDAS DE UM SUCESSO SÓ

One-hit wonder é uma expressão que não fica tão boa traduzida literalmente, mas que serve para se referir àqueles artistas ou bandas que se consagraram com apenas uma música. Um único grande hit e nada mais.

Algo tão comum e marcante na música, que não podia deixar de virar uma lista aqui no Acidez Mental

É que foi tão difícil fechar essa lista que resolvemos dividir em três: até os anos 80, dos anos 90 pra cá e nacionais de todas as épocas. Hoje vocês conferem a primeira lista, com os sucessos solitários de bandas e grupos que surgiram até a década de 80.

Claro, em vários casos você pode dizer “ah, mas o CD dessa banda é todo bom” ou citar ainda mais 2 ou 3 músicas daquele artista que você adora e que “são muito melhores que o sucesso da lista”. Pode ser, mas aqui o que interessa não é necessariamente a qualidade do artista, e sim o fato de que, pra 99% da população, só uma música dele é conhecida.

Então vamos a eles: os 15 maiores one-hit wonders da música até os anos 80.



15 – The Archies: Sugar, Sugar

Não que a gente deva esperar que uma banda de desenho animado tenha vários sucessos, mas nos anos 60 os Archies emplacaram um mega-hit que até hoje a gente ainda ouve. No Brasil a música voltou a tocar bastante quando foi a abertura da novela Despedida de Solteiro.



14 – Frankie Goes to Hollywood: Relax

Olha, o Frankie já tem que ficar muito satisfeito de ter conseguido um único hit, porque a verdade é que Relax é muito ruim. Só me faz rir porque me lembra de Zoolander, onde a música tinha um papel importante.



13 – Men Without Hats: The Safety Dance

Ah, os anos 80 com seu pop eletrônico de tecladinhos. Mas convenhamos, o clipe bizarro e o alto potencial de dancinhas toscas que a música proporciona a tornam meio que épica. E depois de ter sido cantada em Glee ano passado, se tornou conhecida pras gerações mais novas:



12 – Chris de Burgh: Lady in Red

Se Chris de Burgh eventualmente ainda é lembrado como ícone de breguice extrema, tem que agradecer ao seu único hit, a balada mela cueca Lady in Red:



11 – Flock of Seagulls: I Ran

Olha lá a batidinha eletrônica típica dos anos 80 no fundo de novo. Não ouço falar do Flock of Seagulls há muito tempo (se bobear nem as famílias dos membros da banda se lembram), mas esse refrãozinho é inesquecível:



10 – The Buggles: Video Killed The Radio Star

O The Buggles nunca poderia ser algo diferente de um one-hit wonder, já que na verdade se tratava de um projeto paralelo de alguns músicas que se reuniram para fazer especificamente esse hino que em 1979 falava da revolução do videoclipe na música, que estava prestes a acontecer.



9 – Bow Wow Wow: I Want Candy

Cover de uma música dos anos 60, I Want Candy fez tanto sucesso que fez com que ninguém se importasse com o quão escroto é o nome Bow Wow Wow para uma banda. E acabou virando tema de tudo quanto é filme com crianças ou adolescentes aprontando altas confusões daquela época até hoje.



8 – The Outfield: Your Love

Se as outras bandas dessa lista podem se vangloriar de ter um único hit pelo qual são lembradas, o Outfield, coitado, nem isso consegue às vezes. Duvida? Então começa a assobiar Your Love. Metade das pessoas vai perguntar se é “Qual a diferença entre o charme e o funk?” ou principalmente o Rap das Armas, funks que usam a base melódica da música deles. O pior é que o “parapapapapa” do Rap das Armas tem recebido covers no mundo todo e enchido os bolsos do Cidinho e Doca, dupla de MCs que gravou a original. Será que tá indo algum dinheiro pro Outfield também? Sei não, mas não apostaria nisso.



7 – Nena: 99 Luftballons

Tecnicamente a Nena não tem apenas um hit, e sim dois. Só que na verdade são apenas duas versões da mesma música, uma em alemão e outra em inglês. O que interessa é que depois que 99 Luftballons se tornou antiga, não tem festa de flashback dos anos 80 em que ela não apareça. O duro é lembrar de quem ela é…



6 – Chris Isaak: Wicked Game

Tudo bem, Wicked Game é um clássico e não é à toa que tá aqui numa posição tão alta. Mas tenho que admitir que acho a música e o próprio Chris Isaak. Se ele for tão chato nas outras músicas, faz todo o sentido ele não ter tido nenhum outro grande sucesso. Mas se você curte a música (ou se está com insônia e precisa de algo mais forte que Lexotan), segue abaixo:



5 – Bobby McFerrin: Don’t Worry, Be Happy

Que Don’t Worry, Be Happy é um clássico, ninguém duvida. É só mandar o “uhuuuuuhu” que um monte de gente continua a música por você. O duro é lembrarem de quem é. Dando uma olhada rápida nas pastas compartilhadas do iTunes num lugar onde eu trabalhava, já vi gente colocando a música como sendo do Bob Marley[bb] ou até do Jimmy Cliff. E coitado do Bobby McFerrin, se ouvirem a música através do vídeo abaixo, podem achar pela foto que ela é do Luís Melodia.:



4 – Soft Cell: Tainted Love

Tainted Love é famosa, entre outras coisas, por ser um dos melhores covers da história. É famosa, entre outras coisas, por ser um dos maiores hits dos anos 80. Enquanto isso, o Soft Cell é famoso, entre outras coisas…. não, não tem outras coisas. É famoso só por Tainted Love mesmo.



3 – Survivor: Eye of the Tiger

“Olhos de tigre, Rocky!” O boxeador que mais apanhou na história do cinema pode até ter tido 6 filmes de sucesso, mas a banda que fez a música-tema do segundo terceiro longa só teve mesmo ela como hit. Mas Eye of the Tiger é inesquecível:



2 – The Weather Girls: It’s Raining Men

Essa todo mundo conhece. Seja daquele casamento cujo DJ não compra um disco novo desde 1991, daquela festa da sua tia cinquentona ou de alguma novela clichê que acha que botando essa música ou Macho Man está representando uma festa gay. It’s Raining Men é um clássico, mas é tão tosca que felizmente nenhuma das outras músicas das Weather Girls fez sucesso.



1 – Europe: The Final Countdown

Uma das introduções mais marcantes da história do rock. Um dos riffs mais memoráveis de todos os tempos. Um hit que surgiu nos anos 80 e, mesmo com todos os sintetizadores típicos da época, é lembrado e tocado até hoje. Uma das músicas mais chicletes de todos os tempos. Ainda bem para os suecos do Europe que The Final Countdown ficou tanto na lembrança das pessoas, porque se dependesse das outras músicas da banda, ninguém mais saberia quem foram eles. É por isso que o Europe é o maior one-hit wonder da música até os anos 80.

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET

26/11/2017

Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários