TRABALHAR EM CASA: VANTAGENS E DESVANTAGENS

TRABALHAR EM CASA: VANTAGENS E DESVANTAGENS

Preparar uma boa xícara de café na cozinha de casa, abrir as janelas, ligar o computador e já estar preparado para atender a demanda de trabalho diária. Sem atrasos, sem enfrentar horas de trânsito e sem nenhum estresse.

Esse é o sonho de muitos brasileiros, afinal, trabalhar em casa permite certo conforto e economia de tempo e de dinheiro.

Mas para trabalhar em casa, é preciso uma dose extra de disciplina e muita organização.

Conheça as principais vantagens e desvantagens de trabalhar em casa (sistema home Office) e avalie se você está preparado para essa modalidade de trabalho.

Vantagens de trabalhar em casa:
Proximidade da família;
– Redução do estresse decorrente do trânsito;
– Alimentação mais saudável;
– Maior liberdade profissional;
– Redução de custos (aluguel, transporte, refeição e infraestrutura básica);
– Definição do próprio horário de trabalho;
– Rendimentos superiores aos níveis convencionais de mercado;
– Produtos melhores com custos menores;
– Vantagens fiscais para as microempresas, como a dispensa do IR;
– Reforço à terceirização e à profissionalização de serviços.

Desvantagens de trabalhar em casa:
– Perda da privacidade pessoal;
– Possibilidade de excesso de carga de trabalho;
– Indefinição de horários de trabalho e lazer, se não houver planejamento e disciplina;
– Tendência ao isolamento social;
– Falta de atualização profissional em processos gerenciais;
– Ambiente de trabalho confinado;
– Difícil sucessão, em caso de necessidade de transição;
– Interferência de assuntos domésticos nos assuntos profissionais;
– Preconceito no mercado formal, em caso de empresa não registrada;
– Dificuldades de obtenção de créditos, em caso de empresa informal.

Então, se você está pensando em trabalhar em casa, é importante avaliar essas e outras questões, para minimizar os riscos e evitar problemas futuros.

1. Antes de começar a trabalhar em casa, avalie se você tem os requisitos necessários para esse tipo de empreendimento. Trabalhar em casa requer disciplina, planejamento, iniciativa, independência profissional, persistência e disposição para enfrentar horas de solidão.

2. Na hora de escolher o melhor cômodo da sua casa para trabalhar, prefira um que esteja o mais separado possível da agitação da casa – de preferência, com uma entrada independente.

3. Se você tem funcionários trabalhando em casa, torna-se ainda mais importante ter uma entrada independente para sua equipe. É a maneira mais adequada para preservar a privacidade e a segurança da família.

4. Concentre suas atividades num único espaço, não invadindo os demais cômodos da casa. Prepare esse local (quarto, edícula, garagem) para sediar o novo negócio, usando os mesmos tipos de móveis e equipamentos que adotaria num ponto comercial.

5. O planejamento do escritório pode e deve incluir a adoção de tratamento acústico nas paredes, para que sons de atividades domésticas (como crianças, televisão e aparelhos de som) não interfiram em seus telefonemas.

6. Quando começar a trabalhar em casa, lembre-se de como você gosta de trabalhar normalmente. Como deve ser a mesa ideal? Você costuma guardar seus arquivos em papel numa pasta, ou na sua maleta? Gosta de ter post-its colados no monitor ou prefere lembretes eletrônicos? Tudo isso deve ser levado em conta no seu planejamento.

7. Preste atenção nas posições da sua cadeira, da sua mesa, da tela de computador e do teclado. Siga as regras da ergonomia, para não ter problemas de saúde no futuro. Invista em cadeiras ajustáveis, com apoio para braços. Não é porque você trabalha em casa, que não deve investir em móveis adequados à sua atividade.

8. Mesmo trabalhando em casa, não use seu endereço residencial para cartões de visitas e correspondências comerciais. Melhor ter uma caixa postal ou usar os serviços de um escritório virtual.

9. Atenda ao telefone de maneira profissional. Parece óbvio, mas o fato de trabalhar em casa faz com que alguns empreendedores respondam apenas “Alô”, em vez de usar o nome da empresa.

10. Não misture a conta-corrente pessoal com a de sua empresa. Controle as finanças com rigor.

11. Estabeleça horários para o começo e o fim do expediente – e também para o almoço. Para isso, use como base os horários em que seus clientes e fornecedores trabalham, e não as suas preferências pessoais. Não adianta começar a trabalhar às seis da manhã se os seus clientes costumam fazer reuniões no final da tarde, por exemplo.

12. Organize e administre o seu tempo com parcimônia. Cumpra prazos e compromissos com o cliente. Não é porque você está trabalhando em casa que não precisa ser pontual, ter bom preço e produtos de qualidade.

13. Cuide da aparência. Vista-se todos os dias como se fosse ao escritório ou como se tivesse uma reunião marcada com investidores. A aparência contribui para transmitir uma imagem de seriedade e profissionalismo para clientes, fornecedores e empregados.

14. Fale com alguém fora do escritório pelo menos uma vez por dia. Passar o dia inteiro em silêncio, comunicando-se apenas por e-mail ou torpedos, pode provocar estresse. Planeje almoços, vá a palestras e seminários, visite clientes e fornecedores com frequência.

15. Para quem trabalha em um escritório, é normal criar pequenas distrações ao longo do dia – um almoço em um restaurante gostoso, uma compra no final do expediente – para aliviar a tensão. O fato de trabalhar em casa não significa que você deve trabalhar oito horas por dia sem interrupção. Faça pausas curtas para algumas atividades relaxantes, como regar as plantas ou ler o jornal do dia. Mas resista à tentação de esticar esses intervalos, o que pode interferir na produtividade.

04/05/2015

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET

Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários