POR QUE TEM TANTO SILVA E BARATA NO BRASIL?

POR QUE TEM TANTO SILVA E BARATA NO BRASIL?

Você já deve ter percebido: quando você lê uma listagem de pessoas (lista do vestibular, concurso, ou da sua sala de aula, etc), boa parte do povo tem sobrenome “Silva”?

Achar um “Silva” no Brasil é mais fácil do que encontrar vigarista no congresso. Mas você sabe de onde vem isso. Como eu não tinha nada melhor pra fazer, pesquisei e encontrei a resposta.

Em Portugal (ora pois), o sobrenome Silva além de ser muito usado, também foi dado a escravos (milhares, milhões…) que foram trazidos para o Brasil durante o período colonial. Além disso, muitos portugueses que decidiam morar no Brasil, adotavam o sobrenome Silva, já que devido a sua popularidade, era bem discreto, e possibilitava a eles o anonimato.

A origem dos “Silva” é muito controversa, mas tudo indica que o sobrenome surgiu no antigo Império Romano, usado para chamar habitantes de matas ou florestas (silva em latin quer dizer selva).

Muitos habitantes desse império se refugiaram na península Ibérica (onde hoje sao Portugal e Espanha).

Mas quem foi o primeiro Silva Brasileiro?

Ele se chamava Pedro Silva, foi um alfaiate que chegou aqui em 1612. Depois dele o sobrenome começou a se alastrar (que nem uma peste), e nunca mais parou, atualmente é impossível saber quantos Silvas tem no Brasil, já que nenhuma entidade do governo, tem cara de pau de perder tempo pesquisando uma baboseira dessa.

Mas tudo nos indica que esse é o sobrenome mais comum do Brasil.

Um levantamento feito pela Telefonica, deu “Silva” na cabeça, dos 4,6 milhoes de usuários de telefone em Sao Paulo( capital) 295.622 são Silva (raça pura). Além deles os 4 mais populares, são os “Santos”, “Oliveiras”, “Souzas” e os “Limas”.

Ué, Luiz? E as baratas?

Vieram pro Brasil com os Silva, ora…

29/05/2018

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET


Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários