CINNAMON ROLLS (ROLINHOS DE CANELA)

CINNAMON ROLLS (ROLINHOS DE CANELA)

Quem já foi aos Estados Unidos deve conhecer (Ou deveria!). É uma delícia desconhecida no Brasil. É tipo um pãozinho em forma de rocambole recheado com canela. Simplesmente irresistível.

Lá nos “states” eles compram a massa em tubinhos. Os pãezinhos estão todos enrolados lá dentro e vem com um potinho de molho de baunilha, que você joga por cima nos rolinhos ainda quentes. Uma coisa…

Você assa os rolinhos bem de manhãzinha, o cheirinho se espalha pela casa inteira e o povo todo acorda, flutuando na fumacinha, como nos desenhos animados.

Experimente! Dá um pouquinho de trabalho fazer, mas os aplausos e elogios que você vai receber farão valer a pena todo o esforço. Confira a receita:

Cinnamon Rolls

Essa receita vem da rainha dos rolinhos de canela: Pioneer Woman! e foi traduzida e adaptada por Marina Bibas

Ingredientes

Massa
1 litro de leite integral
1 xícara de óleo
1 xícara de açúcar
6 colheres de chá de Fermento Biológico Seco
8 xícaras de farinha de trigo (+1 extra, separada)
1 colher de chá de fermento comum (pó royal)
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal
1 xícara de manteiga
2 xícaras de açúcar
Canela (bastante!)

Molho
500gs de açúcar de confeiteiro
1/2 xícara de leite
1/4 xícara de manteiga derretida gotas de baunilha

Começamos com o leite, o óleo e a xícara de açúcar. Numa panela em fogo baixo, deixe chegar perto de ferver e desligue. Não ferva. Espera uma hora para esfriar um pouco. Quando estiver morninho, e não quente, jogue a Fermento Biológico.

Espere o fermento ficar todo feliz e quentinho, mais ou menos um minuto, e junte com as 8 xícaras de farinha. Peneiradas. Sim, que chato. Mas depois vai facilitar sua vida. Misture bem, a massa já deve estar descolando da tigela. Depois disso, cubra e deixe num lugar que não seja muito fresco. E vá esperar mais uma hora. Sim, essa receita não é pra quem tem pressa. Mas vá ver um filme, ler um livro, tirar uma soneca. Aproveite!

Depois de uma hora, a massa vai crescer bastante. Eu infelizmente não resisti em mexer com a minha antes de tirar a foto. Ela, como sempre, se recusou a crescer do jeito que eu gostaria. Mas ela cresceu, sim senhor! Agora, acrescente mais uma xícara de farinha, uma colher de chá bem cheia de fermento, uma colher de chá baixa de bicarbonato e uma colher de sal. Agora, se você já se irritou de tanto esperar, pode começar a abrir a massa imediatamente. Se você quer acabar de ver o filme que começou na última hora que teve que esperar, coloque um pouco na geladeira para fica mais fácil!

Eu tirei uma sonequinha e deixei na geladeira. Tá bom, não dormi, mas que foi pra geladeira, foi! Enquanto isso eu preparava a mesa para os meus amigos que iam jantar aqui e servir de cobaia! Antes de abrir a massa, peneire abundantemente farinha. Sério. Abundantemente. Eu não fiz e depois tive que arcar com as consequências. Bom, abra a massa e por cima passe: uma xícara de manteiga derretida e 1 xícara de açúcar. Você pode aumentar as quantidades, já que a esta altura já deve ter reparado que isso não é nada light… E por cima uma camada bem generosa de canela.

Depois disso enrole a massa, o mais justo que conseguir. Corte em pedaços e coloque em uma forma untada.

Como é o tipo do doce que fica melhor no segundo que sai do forno, deixe pronto pra só assar na hora que quiser. E também deixe pronto a cobertura. Misture 500gs de açúcar de confeiteiro, 1/2 xícara de leite, 1/4 de manteiga derretida, e extrato de baunilha. Vai ficar bem consistente. Se não ficar, acrescente mais açúcar.

Depois, enquanto vocês jantam, é só colocar em forno médio durante meia hora. Ele sai douradinho e lindo! Por cima, jogue a cobertura. Ela pode ser consistente, mas como vai estar quente do forno, ela derrete e vai entrando em todos os buraquinhos livres!

E é só levar pra mesa! Essas são minhas cobaias experimentando!

Comentários