7 HÁBITOS BEM ESTRANHOS DA DIETA DA FAMÍLIA REAL (1 ALIMENTO É TOTALMENTE PROIBIDO!)

7 HÁBITOS BEM ESTRANHOS DA DIETA DA FAMÍLIA REAL (1 ALIMENTO É TOTALMENTE PROIBIDO!)

Se você acha que ser da família real te deixa livre para comer qualquer coisa, achou errado. Por segurança e, às vezes, gosto pessoal, a realeza tem algumas restrições alimentares. Em compensação, Rainha Elizabeth II e seus parentes também têm algumas regalias e costumes requintados, além de hábitos bem comuns também.

Quem revelou muitos deles ao mundo foi Darren McGrady. O chef de cozinha trabalhou para a realeza entre 1982 e 1993. Depois dessa data, a própria Princesa Diana o convidou para ser seu cozinheiro pessoal e ele passou a servir a duquesa e seus filhos até sua morte, em 1997.

Em dois livros, e em algumas entrevistas para a imprensa internacional McGrady contou o motivo dos irmão Harry e William adorarem McDonald’s e até o que a avó deles, a Rainha, não pode comer de jeito nenhum.

Hábitos alimentares da família real britânica

Frutos do mar são proibidos

Charles e seu filho William, o marido de Kate Middeton, são os herdeiros direto do trono. Por conta disso, há mais atenção à saúde deles do que outros herdeiros, então eles não podem, de jeito nenhum, comer mariscos ou alguns frutos do mar. Isso porque há muito risco de contaminação nesses alimentos.

Água de torneira

Por conta dessa precaução, em viagens os monarcas também são proibidos de beber água de torneira, já que uma complicação intestinal atrapalharia a agenda.

principe willian harry 400x800 017

Rainha era enganada sobre horário da janta

A família real costuma passar as férias no Castelo Balmoral, na Escócia. Nesse ambiente mais descontraído, a Rainha Elizabeth sempre se atrasava para os jantares, fazendo convidados esperarem cerca de 15 minutos. A solução: mentir o horário da janta e adiantar a hora para a monarca, que sempre se atrasava, mas como todo mundo sabia o horário verdadeiro, ninguém precisava esperá-la.

rainha elizabeth 400x800 0717
MARK RUNNACLES / STRINGER/GETTYIMAGES
PUBLICIDADE

Lady Diana sempre comia uma versão mais leve do prato dos convidados

Muito preocupada com sua alimentação, a Princesa Diana não comia carne vermelha – com exceção de cordeiro. Então, ela usava um truque em jantares formais com autoridades de outros países, como presidentes ou chefes de estados.

“Ela falava: faça um mousse para o presidente Reagan. Para mim, uma versão sem gordura”, revelou McGrady. Os convidados nunca sabiam que ela comia um prato diferente do deles.

Rainha Elizabeth “leva bolo na mala”

Uma das inúmeras regalias de ser a rainha da Inglaterra é viajar com seu bolo de chocolate favorito. Sempre que visitava lugares do interior do país, ela levava um dos cozinheiros para servir seu bolo de chocolate preferido. Pode parecer um exagero, mas há uma explicação até que saudável para isso.

Segundo seu ex-chefe, a rainha é super dedicada à alimentação e faz quatro refeições todos os dias. O bolo era para ser servido e armazenado por toda a viagem, para ela comer pequenos pedaços após a janta. McGrady também revelou que “quanto mais amargo, mais ela gosta”, sobre o sabor do chocolate. Então nada de presenteá-la com chocolate branco ou ao leite, caso você a visite no próximo verão.

Alimento proibido para a rainha

A única restrição de Elizabeth é alho. “A rainha nunca tem alho no seu menu. Ela odiava o cheiro e o sabor”, recordou Darren McGrady à imprensa internacional.

Ela adora um tupperware

Algo bastante curioso sobre a alimentação da rainha Elizabeth é, no Castelo Balmoral, ela colhia frutas direto do pé e as comia em um pote de plástico amarelo, do tipo tupperware. Mas claro que isso não dispensava o prato de frutas feito de diamante, rubis, safiras e esmeraldas para ocasiões mais formais.

Fonte: Vix

GANHE DINHEIRO RESPONDENDO PESQUISAS NA INTERNET

21/10/2017

Se você chegou até aqui é porque você gostou, né? Então curta e compartilhe o Acidez Mental no Facebook com seus amigos! Seu clique é MUITO importante!

CLICA AQUI VAI

Comentários